OUT
20

Bandidos usam Kit que faz pistola virar metralhadora

Bandidos usam Kit que faz pistola virar metralhadora

Há um equívoco quanto a matéria veiculada no jornal e também na TV Globo no Fantástico do dia 18 de outubro. O case ou kit como estão chamando, não é uma exclusividade americana, nem tão pouco um invento recente. É fabricado em Israel. Esse case já existe tem alguns anos, e diferentemente do noticiado, não foi criado para tiro esportivo e sim para ser usado como um acessório para policias e forças militiares em todo o mundo em razão da sua portabilidade e custo muito baixo, comparado com metralhadoras e fuzis. Hoje em dia esses cases são fabricados para atender a diversas pistolas fabricadas no mundo. Em relação ao adaptador que faz com que a pistola consiga dar "rajadas", a primeira vez que vi esse dispositivo foi em 1995 ou 1996 aqui mesmo no ES, portanto, não se trata de um acessório novo, porém, melhorado. A diferença é que esse dispositivo ao ser usado na pistola, sem o case, torna a pistola "instável" e sem precisão, com tendência a elevar o cano da pistola para o alto, entretanto, quando acoplado ao case, se torna uma arma com grande capacidade ofensiva, precisão e estabilidade, permitindo ataques precisos e defesas de pontos estratégicos, capacitando um só homem a conter um pequeno contingente de forças adversárias.

Continuar lendo
48
  3087 Acessos
3087 Acessos
SET
16

ESTATUTO DO DESARMAMENTO - Comissão vota liberação de armas para taxistas

ESTATUTO DO DESARMAMENTO - Comissão vota liberação de armas para taxistas

Mais uma vez, em ano que antecede eleições, voltam a pauta matérias polêmicas que envolvem mudanças no “Estatuto do Desarmamento”. Na matéria de hoje, 16 de setembro de 2015, publicada no jornal “A Tribuna” as jornalista Eliane Proscholdt e Francine Spinassé, apresentam uma matéria muito bem elaborada.

Com propostas de flexibilização em alguns pontos do Estatuto do Desarmamento, deputados federais devem começar a votação amanhã de um projeto de lei que prevê, entre outras mudanças, a possibilidade de liberar armas de fogo para taxistas e caminhoneiros, dentro de seus veículos no horário de trabalho, e para agentes de trânsito.

O RELATO DE UM TAXISTA REALISTA

Taxista quer cabine blindada -  No currículo de um taxista de 39 anos, lembrança traumáticas de quem ficou sob a mira de armas e foi amordaçado em um dos quatro assaltos sofridos em 10 anos.

O pior deles foi em 2005, quando ele levava dois casais. No trajeto teve o rosto coberto por um capuz, foi amordaçado e jogado em uma mangue. Seu carro, um Vectra, foi roubado e achado depenado.

Por conta do trauma, ele se mudou para Barcelona, na Espanha, onde morou por três anos. “Lá, trabalhei como caminhoneiro, mas por conta da crise mundial de 2008, retornei.

Mesmo tendo passado sufoco, ele diz que trabalhar armado não seria a solução. “O ideal são cabines blindadas como é na Europa e em Manaus (Amazonas)”.

Continuar lendo
14
  1186 Acessos
1186 Acessos
FEV
16

Comerciantes se armam - Pistolas e escopeta contra ladrão

Comerciantes se armam - Pistolas e escopeta contra ladrão

Dono de loja mantém três pistolas e uma escopeta em seu comércio e ainda dorme no local para se proteger de ladrões. ( Jornal “ A Tribuna” – por Michelli Possmozer – pagina 1 e 2)

ARMA é usada para assustar bandidos. Várias ficam espalhadas pelo comércio para atender qualquer emergência.

Continuar lendo
14
  2374 Acessos
2374 Acessos
NOV
27

Aprovada Lei que limita uso de armas contra bandidos

Aprovada Lei que limita uso de armas contra bandidos

Senado aprovou projeto que impede policiais de usar arma de fogo se criminoso estiver desarmado ou fugindo de blitz. (Patrick Pereira; Mariana Spelta e Katherine Paiva - A Tribuna - 27/11/2014 - pag. 21)

Em vez de usar armas de fogo, os policiais militares, envolvidos em ocorrências com bandidos desarmados, deverão usar gás lacrimogênio, balas e cassetete de borrachas, spray de pimenta e arma de choque.

Continuar lendo
9
  1036 Acessos
1036 Acessos
NOV
26

Projeto libera comércio de armas

Projeto libera comércio de armas

A polêmica da liberação da venda e compra de armas no País estará no centro do debate na Câmara dos Deputados com o Projeto de Lei 3722/12, do deputado federal Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC) que será discutido hoje em audiência pública, às 14h30, em Brasília. (matéria de Tais de Hollanda - Jornal "A Tribuna - 26 de novembro de 2014 - página 17).

Continuar lendo
9
  784 Acessos
784 Acessos

Powered By Budō Creative.