AGO
24

Justiça com as próprias mãos?

Justiça com as próprias mãos?

Nossa entrevista para a TV Capixaba, onde fizemos uma análise sobre a onda de crimes violentos que tem levado a reação da população e a prática do que se chama de “Justiça com as próprias mãos”. 

Continuar lendo
10
  1216 Acessos
1216 Acessos
JUL
19

José Padilha, diretor do filme "Tropa de Elite" deixa o Brasil

José Padilha, diretor do filme "Tropa de Elite" deixa o Brasil

A “Revista Trip” apresenta um ótimo e curto documentário/entrevista com o José Padilha, diretor, escritor, produtor. No seu curriculum filmes como “Tropa de Elite”, “Tropa de Elite 2”, “Ônibus 174”, “Robocop”. Na entrevista “José Padilha revela que deixou o Brasil depois de sofrer uma tentativa de sequestro e fala sobre segurança pública: “Antes de ocupar a favela, você tem que ocupar o batalhão da polícia”. “(Revista Trip).

Continuar lendo
19
  4460 Acessos
4460 Acessos
JUN
06

Treinamento de Inspetores Penitenciários tem gritaria e gás lacrimogênio

Treinamento de Inspetores Penitenciários tem gritaria e gás lacrimogênio

Durante o treinamento para o cargo de Inspetores Penitenciários, instrutores trancam os alunos em um carro blindado com ventilação muito restrita e lançam ampolas de gás lacrimogênio. Decorridos mais de 30 dias do ocorrido e por medo de não serem aprovados, somente agora os alunos procuram o Ministério Público para a denúncia e solicitam investigação por ato de "tortura". 

Já nos anos de 1930 a ONU classificava o gás lacrimogêncio como "Arma Química" com risco de morte ao ser lançado durante a guerra, porém, no decorrer dos anos, as empreas fabricantes, com o objetivo de preservar seus lucros, começaram a chamar e classificar esse gás como "arma não letal" para uso em distúrbios de ruas no Brasil e no mundo, porém, o mesmo fabricante adverte durante os cursos que ministra e nas especificações do produto, que esse gás não deve ser utilizado em ambientes fechados, pois pode levar pessoas á morte por asfixia, ou em caso, de alguém ser portador de doenças respiratórias.

DA JUSTIFICATIVA

A SEJUS e seus instrutores, atribuem que o uso é para que o "agente" se acostume com a "agressão" aos seus olhos e aparelhos respiratórios, pois ao longo da carreira terão que utilizar esse gás dentro dos presídios que são ambiente fechados e onde existem presos com diversas doenças, com isso, tanto os instrutores e a própria gestão da SEJUS estão admitindo que utilizam esse gás dentro dos presídios fechados e com pouca ventilação, o que alguns anos passados tem sido ato de denúncia de torturas a presos, inclusive na ONU.

Já pensou se o químico que inventa "venenos para ratos" resolvesse testar neles mesmo o efeito do seu veneno? 

Além de confirmarem que praticam o ato do uso de gazes dentro dos presídios, demonstram que utilizam técnicas ultrapassadas, talvez por assistirem por demais filmes da velha guarda dos anos 30, 60 e 70 quando os militares utilizavam esses gazes para neutralizar e até matar seus inimigos. Já passaou da hora da mudança de mentalidade no trato de presos no Brasil. Por essa e por outras que existe o ditado que diz: O preso entra um gato dentro da prisão e sai um leão, querendo devorar a todos e principalmente seu algoz.

Assistam a reportagem e à nossa entrevista sobre esse triste e repetitivo episódio dentro da SEJUS no Espírito Santo.

Continuar lendo
14
  723 Acessos
723 Acessos
JUN
03

Distração de passageiros facilita ação de bandidos

Continuar lendo
8
  1283 Acessos
1283 Acessos
ABR
22

Delegacia lista nove carros mais roubados na Grande Vitória

Delegacia lista nove carros mais roubados na Grande Vitória

O número de roubo de carros populares diminuiu no primeiro trimestre de 2015 e o dia em que mais ocorre os roubos é na quarta-feira. A explicação dessa estatística, certamente pode ser compreendida, se levarmos em consideração que no primeiro trimestre é período de férias, verão e que ocorreram algumas manifestações populares, onde o Estado aumentou o efetivo de policias das ruas. Com a visualização de maior número de policias na ruas, a grande maioria de crimes, também diminuiu.

TIPO DE CARRO ESCOLHIDO - POPULAR

Esse tipo de carro escolhido se deve ao fato, desse tipo de carro vir de fábrica sem os acessórios mais sofisticados, como alarmes e GPS, o que facilita a ação do "meliante", e com a instalação desses acessórios, certamente o proprietário, conseguirá minimizar ou até evitar que seu carro seja roubado. Também é recomendado não parar seus carros em ruas desertas e escuras, que também é um facilitador para os bandidos. Esses carros também servem como moeda de troca por drogas, também são utilizados para assaltos e sequestros relâmpagos. 

Continuar lendo
8
  1067 Acessos
1067 Acessos

Powered By Budō Creative.