2 minutes reading time (365 words)

Especialista fala sobre segurança em casas noturnas

Especialista fala sobre segurança em casas noturnas

Nos últimos tempos, tem sido matéria constante nos jornais, crimes que ocorrem nas proximidades de casas noturnas, em Vila Velha. Interessante observar, que órgãos públicos de segurança, e prefeitura municipal, só se manifestam após os incidentes e principalmente quando em caso de mortes. Até então não se fazem presentes com a fiscalização no entorno dessas casas.

 DA SEGURANÇA INTERNA

Todo empresário que faz um investimento de grande importância, quer ver seu negócio prosperar e dar lucro, e para isso, busca todos os órgãos responsáveis, como Prefeituras, Bombeiros e Policias, objetivando atender todas as exigências legais. Após a abertura da casa, cabe a esses órgãos a fiscalização rotineira, apontando correções e dando prazo para que os empresários promovam os acertos. Não obstantes toda essa ação, o empresário investe muito em segurança privada interna, como homens e mulheres qualificados e contratados em empresas especializadas e também em monitoramente, alarmes contra incêndio, rotas de fugas ou seja, com planos se contigências, para que tudo transcorra satisfatóriamente para seus clientes e também para evitar brigas e crimes dentro dos locais.

DA SEGURANÇA EXTERNA

A cada dia as forças de segurança pública melhoram a qualificação, treinamento, aquisição e instalação de equipamentos como os de monitoramento de vias públicas, para agregar valor no policiamento preventivo, com isso, tornando mais efetiva a elaboração do mapra de crimes nas cidades. No entanto e na prática, não assistimos isso com muita frequência. No caso em tela, já passamos várias vezes em frente a essas casas noturnas e não vemos policialmento público nas proximidades. No entanto, após as ocorrência a resposta é sempre a mesma, ou seja, que estão monitorando e que fazerm patrulhamento rotineiro nos dias de festa. Então como explicar essa onda de crimes nas portas das boates e no seu entorno? Depois a solução da Prefeitura é a de punir o empresário, onde o estado é que falhou, onde de fato o local onde o  crime  ocorreu é dever de controle e prevenção do Estado e Município? Despois não entendem o motivo de empresários não investirem na cidade de Vila Velha. O risco do investimento é alto, demorado pois a prefeitura é lenta e depois tem o risco polítco e a insegurança jurídica. 

10
Mulher leva prejuízo de R$ 9 mil com cartão de cré...
Ladrões de Ocasião

Posts Relacionados

 

Comentários

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Login Aqui
Visitantes
Domingo, 31 Mai 2020

Powered By Budō Creative.